Como vender mais usando e-mail marketing?

e-mail marketingEsta é uma pergunta que às vezes só vem depois de uma outra, que é: -Como vender mais? Mas se você passou pela primeira e chegou à conclusão que o e-mail marketing é uma das alternativas para se vender mais, talvez esteja se perguntando se é simplesmente “disparar” mensagens aos seus possíveis consumidores, e bum#!, seu site irá bombar de visitas.

E a resposta para essa pergunta é sim e não. Ou: depende.

O e-mail marketing é ainda a ferramenta mais efetiva para vender. Isso é fato, e não achismo.

A questão é se você está estruturando sua ação, se é que já possui um processo definido e em andamento.

O assunto é tão extenso, que eu poderia escrever um livro a respeito, mas vou tentar ser o mais breve possível, para deixar claro:

Vamos às respostas:

O que é necessário fazer, quando se fala de e-mail marketing?

Você precisa atender a alguns requisitos do processo, obviamente tem que entender como tudo funciona, ou pagar para alguém ou uma empresa que entenda muito bem sobre isso – e um detalhe importante aqui: pagar uma empresa para fazer isso, não o abstém de ter que entender um pouco sobre o processo, pois se você ou sua empresa está envolvido nisso, precisa saber sobre os detalhes do mecanismo todo que envolve as ações de e-mail marketing – que cuide de fazer toda as ações necessárias para essa atividade.

  1. Ideal que você possua um domínio específico para o envio de e-mail marketing, algo como: informativos-nomedasuaempresa.com.br, no meu caso por exemplo: on3w.info é o domínio que usamos.
  2. Ter uma lista de e-mails segmentada. Isso significa que você precisa saber quem é quem na sua lista, e não ter um “bando de dados” mas sim um banco de dados… É importante que ao menos você tenha o nome e e-mail, de seus destinatários. E apesar de parecer óbvio, vou citar: -Não envie spam, só envie mensagens para listas de e-mails que conheçam você ou a sua empresa. Não compre listas, nem aceite de “presente” uma lista de um cliente, de um parceiro ou seja lá quem for fornecer a lista pra você. Eu sei, às vezes parece irresistível, mas acredite, há diversos motivos para não fazer isso, não é um motivo só.
  3. Contrate uma plataforma de e-mail marketing confiável, que tenha referências do mercado, que atualize seus métodos com frequência, que trabalhem com transparência, que sejam rigorosas no combate ao SPAM, que possuam suporte dedicado aos clientes, tenham políticas de uso bem definidas e não sejam tão fáceis assim de simplesmente contratar e usar. – posso detalhar essa última questão, se você não tiver entendido, fique a vontade para me mandar um e-mail ou comentar aqui nos comentários desse artigo, que eu procuro explicar isso – Sim, é preciso não ser uma plataforma “plug-and-play”, porque se ela não pede para você configurar minimamente os apontamentos DNS de seu domínio, ela usa artifícios pouco eficientes e não tem o mais importante da função de uma plataforma de envio de e-mails: entregabilidade. E para esse tópico, tenho uma indicação que consideramos a melhor existente.
  4. Crie uma comunicação visual – pode ser simples, não se preocupe – para suas comunicações, e siga sempre a mesma linha, isso cria uma identidade visual e comunica ao seu destinatário, fundamentos importantes de relacionamento. Para esse tópico, a plataforma de e-mail marketing que recomendo possui um gestor de modelos, onde você pode desenvolver um modelo/template dos seus informativos, e atender a esse requisito com extrema facilidade.
  5. Planeje quando vai enviar suas campanhas, tenha as datas definidas com antecedência, e prepare cada envio com mínimo de 3 dias de antecipação, deixando tudo pronto e agendado, para ser envido automaticamente. Existem dias e horários melhores para esses envios, então informe-se sobre isso antes de fazer ações que podem perder potencial de entrega ou de efetividade. Cumprido esse tópico, determine a frequência que irá enviar, pois a peridiocidade é fundamental para o sucesso.
  6. Higienize sua lista sempre que possível, não mantenha contatos que não abrem suas mensagens há mais de 3 ou 4 envios.
  7. Respeite seus contatos, tenha link de remoção claro e de fácil acesso, e nunca mais envie informativos para alguém que se descadastrou.
  8. Seja o mais breve possível com o texto. Estabeleça um tom de conversa e use linguagem adequada ao seu público e ao contexto.
  9. Inclua imagens de apoio no conteúdo.
  10. Monitore as métricas das campanhas e procure o que pode ser melhorado para o próximo envio de e-mail marketing.

Qual é o passo fundamental no e-mail marketing?

Entender os mecanismos, o comportamento deflagrado a partir do recebimento da sua mensagem e principalmente o perfil de seu destinatário. Quando você define o avatar de seu destinatário, a possibilidade de ser mais efetivo com uma campanha de e-mail marketing é extremamente maior.

  1. Descubra mais informações sobre sua base de dados, completando o cadastro do seu destinatário com informações como: Gênero, data de nascimento ou faixa etária, cidade onde mora, estado onde mora, profissão e preferências.
  2. Segmente os envios, faça envios específicos para as variações mais relevantes dos seus avatares definidos, por exemplo: -uma campanha de acessórios femininos, tende a ser mais efetiva se for enviadas somente para mulheres, ao passo que uma campanha de acessórios masculinos obviamente terá mais resultado e interesse com os homens.
  3. Tenha foco no interesse do usuário, e não envie mensagens só para cumprir tabela de frequência. Se você não tem nada a dizer, não mande nada… Enviar uma mensagem de Feliz Natal por exemplo, num momento em que todo mundo recebe uma enxurrada de mensagens do tipo, é desnecessário e nada efetivo, a não ser que sua mensagem inclua algo de valor para seu destinatário. Simplesmente mandar Feliz Natal, não acrescenta nenhum valor ao seu relacionamento com o cliente.
  4. Respeite seus contatos, faça conteúdo de valor, entregue mais do que ele espera, surpreenda-o e deixe-o querendo mais.

Quais são as alternativas para envio de e-mail marketing?

Há pelo menos dezenas, se não houver centenas de alternativas para enviar e-mail marketing, mas citarei as mais conhecidas, e dentre elas, uma que elegemos como a melhor, depois de ter nesses mais de 20 anos trabalhando com web, desenvolvido nossa própria ferramenta – que foi substituída por essa alternativa (de terceiros) – e consequentemente aprendido muito com essa solução, e as ferramentas que citarei abaixo, foram as plataformas de e-mail marketing que experimentamos o uso, algumas por meses ou por anos, não estou citando uma ferramenta que não conheça e não tenha utilizado. Mas não vou detalhar pontos negativos, isso é improdutivo e não é o intuito desse artigo.

  1. E-goi – de longe a melhor plataforma de e-mail marketing, e nossa preferência para usar com os clientes da On3W. Como principais diferenciais, se destacam a entregabilidade bem maior em relação às outras plataformas, a facilidade de uso, a plataforma estar em português e ter suporte no Brasil, e para muitos, a mais importante: o preço. A ferramenta tem planos com ótimos preços, faz envio de SMS também, tem integração com as principais plataformas de e-commerce, com WordPress e outros CMS de desenvolvimento de sites. Sem dúvida, esta é a melhor alternativa atualmente. E temos um programa de parceria com eles, justamente porque acreditamos muito nesta solução. Então depois de você analisar as possibilidades, se quiser fazer uma conta de teste na plataforma E-goi (eles tem um plano gratuito também), utilize nosso link de afiliado, mesmo se você quiser ser um afiliado E-goi também, pois isso nos incentiva a produzir mais e investir mais nessa solução: https://www.e-goi.com/?a=jFRy3aTBz600z . Se você preferir, mande um e-mail para [email protected] e criamos a sua conta no E-goi gratuitamente, depois é só você configurar o necessário e utilizar.
  2. Mailchimp – talvez um dos mais famosos, mas acredite, não é o segundo lugar em eficiência.
  3. Active Campaign – muito usado por empreendedores de marketing digital.
  4. Send in Blue – menos conhecido, demoram a atualizar a plataforma, mas tem uma plataforma robusta.
  5. SendGrid – bem conhecido, tem políticas boas.
  6. MailJet – não muito conhecido, em alguns períodos, eles param no tempo, mas tinham um editor bem organizado.
  7. Akna – tem uma solução mais cara, o que não significa eficiência.
  8. Campaign Monitor – não muito conhecido também.

O que NÃO fazer e-mail marketing?

Não confunda e-mail marketing com SPAM. Se você tem uma lista que não solicitou receber mensagens comerciais ou não da sua empresa, é SPAM, simples assim. Esse talvez seja o principal item do que não fazer no e-mail marketing.

  1. Não ignore mecanismos de opt-in e doble opt-in
  2. Nunca envie mensagens para destinatários que pediram descadastro
  3. Não envie anexos
  4. Não compre listas de e-mail
  5. Não forneça sua lista de e-mails a ninguém, esqueça as “parcerias” milagrosas
  6. Não acredite que existe almoço-grátis, se a solução oferecida é mágica, desconfie
  7. Não exagere no conteúdo, textos menores, mais breves, convidando o destinatário a continuar lendo no seu site, costumam ser mais efetivos
  8. Não ignore o HTTPS, não é à toa que o Google tem penalizado sites que não usam SSL em suas buscas orgânicas
  9. Não escreva palavrões no texto
  10. Não prometa algo que não ofereça você de fato

Tem muito mais coisas, mas eu precisaria de muitas páginas para falar só sobre isso…

Por que você PRECISA fazer email-marketing?

Os clientes mais baratos, são os que você já possui. Então venda novamente para eles! O relacionamento é a base de ações efetivas no marketing, e se você mantém um relacionamento quente com seus clientes, eles não esquecem da sua empresa quando forem contratar ou comprar algo que a sua empresa comercializa.

Alguns motivos para você pensar a respeito de estruturar ações de e-mail marketing imediatamente:

  1. É muito barato
  2. Possui um dos maiores ROI de ações de marketing (3800%)
  3. Nutre seu lead
  4. 72% dos consumidores, preferem o e-mail como melhor canal para receber ofertas (fonte: MarketingSherpa)
  5. Mantém seu relacionamento ativo com seus clientes
  6. É extremamente efetivo, se você segmentar sua base, você pode acompanhar cada passo de seus consumidores
  7. Funcionários de empresas passam em média 13 horas semanais verificando a caixa de entrada (fonte: McKinsey & Company)
  8. É absolutamente mensurável
  9. O e-mail é a ferramenta que mais gera vendas – 37% das vendas geradas no e-commerce mundial, dependem de ações de e-mail marketing
  10. Não tem grandes limitações de comunicação, a flexibilidade é alta
  11. Oferece várias alternativas de interação
  12. Sua lista de clientes é o bem mais caro que a sua empresa possui, então relacione-se com ela! Utilize esse recurso.
  13. O e-mail é 40 vezes mais efetivo para aquisição de novos clientes do que redes sociais (fonte: Campaign Monitor)
  14. Seus clientes tem probabilidade 3x maior de compartilhar informações relevantes, quando conhecem você/sua empresa
  15. Mais de 50% dos usuários de e-mail afirmam ler a maioria dos e-mails que recebem (fonte: HubSpot)
  16. Contatos mais recentes (olho na frequência hein?) possuem maior probabilidade de interação
  17. Inacreditáveis 95% das pessoas que optam por receber mensagens de uma marca, acreditam essas mensagens sejam úteis (fonte: SalesForce)
  18. Quem compra através de um e-mail marketing gasta 138% mais do que os compradores que não recebem ofertas por e-mail (fonte: Convince&Convert)
  19. O ROI do e-mail marketing é mais fácil de mensurar do que o segundo melhor, que é o da busca paga
  20. É o meio de comunicação e relacionamento mais utilizado por empresas B2B e B2C no mundo

Se só 20 das dezenas ou centenas de motivos para usar o e-mail marketing, não o convencem de que é fundamental para o seu negócio. Eu nem entendo como você chegou a ler até aqui. Mas se você já sabia da importância dessas ações, e quer ou precisa de apoio técnico, nós temos mais de 20 anos de know-how com internet e acreditamos que dentro de nossa caixa de ferramentas, há muita solução para a sua empresa. Podemos lhe oferecer consultoria sobre o e-mail marketing, ou mesmo gerir a sua operação.

PEÇA UM CONTATO AGORA!